Banco Finantia lucra € 19,4 milhões no primeiro semestre e regista Core Tier 1 de 23%

O lucro líquido consolidado do Banco Finantia (www.finantia.com) foi de €19,4 milhões no primeiro semestre de 2017, um aumento de 35% face aos €14,4 milhões do período homólogo no ano anterior.

O Banco reforçou a sua solidez financeira: o Common Equity Tier I (CETI) (fully loaded) registou 23%, um dos mais elevados da banca ibérica, um aumento face aos 21,7% do mesmo período de 2016.

O produto bancário, líquido de imparidades e provisões, aumentou para €36,4 milhões no primeiro semestre de 2017 face aos €29,4 milhões do mesmo período em 2016. Os custos operacionais situaram-se em €11,1 milhões, colocando o rácio (cost-to-income) em 30%, um dos mais eficientes entre os bancos europeus.

Os depósitos de clientes aumentaram para €816 milhões a 30 de junho, mais 18% que os €693 milhões registados na mesma data em 2016. Este valor confirma a estratégia de alargamento da base de clientes do Banco Finantia, quer em Portugal quer em Espanha, e o aumento do reconhecimento da sua Banca Privada.

Os ativos totais consolidados registaram a 30 de junho de 2017 o valor de €1.926 milhões, um ligeiro aumento face à data homóloga do ano anterior, enquanto a situação líquida é reforçada para €424 milhões.

O Banco Finantia prossegue a expansão da sua atividade operacional nas várias áreas em que opera: Banca Privada, Mercado de Capitais e Banca de Investimento.

Para apoio às suas atividades internacionais o Banco Finantia tem filiais em Espanha (Banco Finantia Sofinloc), no Reino Unido (Finantia UK), em Malta (Finantia Malta), nos Estados Unidos (Finantia USA) e no Brasil (Finantia Brasil).

 

Publicado em BANCO FINANTIA.