Obras do portinho de Angeiras arrancam com um investimento de 4,2 milhões de euros

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, anunciou hoje um investimento de 4,2 milhões de euros em obras no portinho de Angeiras, Matosinhos, compreendendo a construção de um molhe de abrigo, assim como o aprofundamento do canal de acesso e a requalificação do posto de controlo e registo do pescado.

O molhe de abrigo da zona piscatória terá 448 metros de comprimento e um farolim na sua cabeça, representando um investimento de 3,73 milhões de euros a realizar até ao final de 2018.

Este conjunto de investimentos envolve ainda dois projetos da Docapesca no montante de 480 mil euros: o aprofundamento do canal de acesso à zona piscatória e a requalificação do posto de controlo de pescado.

O canal de acesso terá 50 metros de largura e implica a dragagem de 4.930 metros cúbicos de coberto arenoso e o quebramento de picos rochosos, a concluir em 90 dias.

A reabilitação do posto de controlo e registo de pescado, a concluir em 115 dias, compreende o reforço estrutural do edifício, substituição da cobertura requalificação dos vãos das fachadas, novos revestimentos interiores e instalação de equipamentos de higienização, produção e armazenamento de gelo, acondicionamento e pesagem de pescado.

 

Publicado em DOCAPESCA.