BANCO FINANTIA lucra € 14,4 milhões no primeiro semestre e regista Core Tier 1 de 21,7%

O Banco Finantia (www.finantia.com) obteve um lucro líquido consolidado de €14,4 milhões no primeiro semestre de 2016, um aumento de 23% face aos €11,7 milhões do período homólogo do ano anterior.
O Banco reforça a sua solidez financeira: o rácio Core Tier I (CETI) (fully loaded) registou 21,7 %, um dos mais elevados do sector, um aumento face ao período homólogo de 2015 em que este rácio se situava em 20,6%. Por outro lado e de acordo com o regime transitório das normas prudenciais de Basileia III, este rácio (CET1) foi de 21,1% e 19,1% respetivamente no final dos 1os semestres de 2016 e 2015.
Os depósitos de clientes atingiram €693 milhões, mais 9% que os €637 milhões registados no final do período homólogo de 2015. Este valor confirma a tendência positiva dos últimos exercícios, a estratégia de alargamento da base de clientes do Banco Finantia e o fortalecimento da presença da sua Banca Privada, quer em Portugal quer em Espanha.
Os ativos totais consolidados registaram o valor de €1830 milhões e a situação líquida cifrou-se em €378,1 milhões a 30 de Junho de 2016, ao mesmo nível da data homóloga do ano anterior. A 30 de Junho de 2016 o Banco Finantia não apresentava qualquer financiamento junto do Banco Central Europeu (€215 milhões em 30 de Junho de 2015).
O Banco Finantia prosseguiu a expansão da sua atividade operacional em diversas áreas mantendo o seu foco estratégico na Banca Privada, Mercado de Capitais e Banca de Investimento.
Para apoio às suas atividades internacionais o Banco Finantia tem filiais em Espanha (Banco Finantia Sofinloc), no Reino Unido (Finantia UK), nos Estados Unidos (Finantia USA), no Brasil (Finantia Brasil) e em Malta (Finantia Malta).

Publicado em BANCO FINANTIA.